9 passos para se livrar do estresse

estresse

Quem nunca sofreu de estresse, levanta a mão! Eu nunca ouvi alguém dizer que não padece desse mal. Dependendo do estilo de vida que se leva, a tendência a ser estressado pode ser ainda maior.  

Ao falar sobre o tema, me recordo de uma matéria que produzi sobre as profissões mais estressantes no Brasil. As que ocupavam o topo do ranking eram motorista de ônibus e bancário e os motivos eram os seguintes: os motoristas sempre acabam fazendo jornadas extras de trabalho, nas grandes metrópoles ficam horas no engarrafamento, estão em exposição de poluição sonora e visual e lidam com pessoas de todos os tipos. Já os bancários, além de lidarem permanentemente com o público, passam por muitos momentos de pressão, com metas de vendas agressivas. O fato é que, independentemente da profissão, viver 100% livre de estresse é uma missão impossível.

Quero compartilhar algumas dicas para ajudar você a se desconectar das preocupações, mesmo que apenas em alguns momentos do seu dia. E aí, preparados?

1 –  Tire 15 minutos para relaxar

É fundamental que você tire pelo menos 15 minutos do dia exclusivamente para você. Desligue seu celular, a televisão, saia da internet e coloque sua música preferida para tocar. Se você escolher músicas clássicas e de sons da natureza, melhor ainda. Outra dica que aplico no meu dia a dia é  usar aromatizador no meu quarto. Adoro cheiro de canela e sempre que quero ter um momento só meu, deixo o ambiente com um cheiro e sons agradáveis.

2 – Tenha um hobby

Todos precisamos trabalhar, estudar, cuidar da casa, família… São muitas responsabilidades e compromissos. O acúmulo de tarefas faz com que a sensação de desgaste e cansaço aumente. Por isso, tenha um hobby e uma atividade preferida para usar como válvula de escape para os momentos de tensão. Pode ser corrida, tocar algum instrumento musical, leitura, aulas de dança, artes ou fotografia. O importante é fazer alguma coisa que lhe traga momentos de prazer e faça esquecer momentaneamente os problemas.

3 – Mantenha relacionamentos saudáveis

Tenha momentos de descontração ao lado da sua família, parentes, colegas de trabalho – fora do trabalho, amigos da época da escola ou faculdade e conhecidos de longa data. Com a facilidade da comunicação virtual, acabamos ficando ausentes da vida real. O contato físico com outras pessoas é muito importante. Segundo especialistas, um aperto de mão tem o poder de diminuir os níveis do hormônio do estresse. Imagina um abraço sincero?

4 – Planeje sua vida

Antes de planejar, preciso lhe contar um segredo: Não existem super-heróis. Todo dia você vai deixar de algo pendente. Aceite isso e não se cobre tanto. Uma solução para que as coisas fluam da melhor maneira possível é: escreva a lista das tarefas e priorize o que é importante. E mais: não resolva tudo sozinho: delegue funções. Peça ajuda das crianças nas tarefas de casa, por exemplo.

5 – Pensamento positivo

Assuma o controle dos seus pensamentos. Não se deixe levar por palavras negativas. Toda vez em que perceber que pensamentos ruins estão assombrando sua mente, pense em outras coisas que te alegram. Pare de pensar que as coisas nunca vão dar certo e entenda que tudo tem um momento para acontecer. Controle também  a ansiedade.

6 – Equilibre seus papeis

A cada situação, nós exercemos papeis diferentes. Pai ou mãe, marido ou mulher, funcionário, estudante, filho ou filha, chefe, professor… São muitas pessoas em uma única vida. Determine o momento de assumir cada função e divida sua rotina. Respeite seu horário no trabalho, tenha momentos com os amigos – pode ser um almoço, por exemplo, jantar com seus filhos e um filme com o cônjuge. O equilíbrio não é fácil e rápido de ser encontrado, mas as coisas costumam dar certo quando corremos atrás delas com disciplina e perseverança.

7 – Cuide da sua alimentação

Uma boa alimentação ajuda a combater as doenças físicas e psicológicas. Faça três refeições principais e dois lanchinhos por dia. Invista em alimentos antidepressivos: castanha-do-pará, peixes e frutos do mar, laranja, chá de folhas de maracujá, alface, espinafre e brócolis. 

8 – Durma bem

É importante que você durma, em média, 8 horas por noite. É durante o sono que o corpo recarrega as energias e encontra o equilíbrio. O sistema digestivo, por exemplo, repara os danos do estômago enquanto dormimos. Por isso, dormir bem pode significar mais saúde. 

9 – Elimine álcool e cigarro

Já tratamos no Blog diversas vezes a males causados pelo álcool e pelo cigarro. Eles são grandes vilões da qualidade de vida e desencadeiam muitas doenças. 

Tenho certeza de que quando começar a mudar seus hábitos (dizem que para algo virar hábito é necessário repeti-lo por 21 dias consecutivos), sua vida será menos estressante. Lembre-se de que qualquer processo de mudança começa na mente. Imagine que os resultados serão positivos para você e as pessoas que o cercam. Dê um passo de cada vez na sua vida e foque-se em todos os benefícios que obterá.

Por Roana Queiroz, Revista Seleções.

 Conheça o relaxamento com Reiki